Notícias › 12/08/2017

O Estágio dos Postulantes no SEFRAS

O mês de julho ficou marcado na história dos postulantes do Seminário Franciscano Frei Galvão. Durante os dias 02 a 29 deste mês, os jovens junto com seus mestres fizeram um estágio pastoral no SEFRAS (Serviço Franciscano de Solidariedade da Província), onde puderam ver as próprias “lepras” e, também, aquelas pela qual o ser humano vive e sofre.

Nos primeiros dias a turma participou de alguns momentos de formação, sobre o contexto social, político e econômico do mundo atual e como o SEFRAS, inserido neste contexto, interage com essa realidade. Outra perspectiva formativa levou os postulantes a refletir sobre o papel do SEFRAS e as bases bíblico-teológicas por trás de sua  missão.

sefras-01

Os postulantes participaram do estágio com o objetivo de estar com os participantes atendidos, sem muita preocupação com o ativismo de fazer alguma coisa. os postulantes atuaram nos seguintes serviços: DEJUPE – Defesa e Justiça Penal (SEFRAS Dejupe), Centro de Convivência da Criança e do Adolescente – CCA (SEFRAS Criança), Casa de Clara (SEFRAS – Idoso), Chá do Padre (SEFRAS Pop de Rua) e Recifran (SEFRAS Reciclagem). Em cada atividade cada postulante vivenciou uma experiência pelo contato com as pessoas que participam de cada projeto e teve a oportunidade de partilha-la com o restante da turma.

Cada um dos serviços teve a sua particularidade e desafios e cada postulante pode vivenciar um pouco da história de cada pessoa atendida. O aprendizado ao longo do mês foi muito grande, e certamente não foi apenas uma experiência, os reflexos aparecem no dia a dia nas relações dos postulantes.

sefas-2
Além das atividades desenvolvidas no SEFRAS os postulantes e seus mestres ficaram hospedados na Fraternidade Santo Antônio do Pari na cidade de São Paulo onde conviveram com essa fraternidade e a comunidade. Ainda puderam, a cada final de semana fazer pequenos passeios turísticos pela cidade e conhecer os outros frades que moram  na cidade no Largo São Francisco e no Provincialado, na Vila Clementino.

sefras-1

“Conviver numa cidade grande e muito movimentada já é um desafio para quem vive nas comodidades do interior. Entretanto esse período de postulantado proporciona e proporcionou a todos nós trabalhar e conhecer a realidade dos leprosos do século XXI Desse modo, o crescimento humano foi perceptível no rosto daqueles que viveram intensamente esse estágio. Franklin Matheus, postulante.

Foi um mês de experiências intensas e proveitosas para todos e, com certeza, a semente que foi lançada produzirá frutos na vida de cada postulante com o aprendizado de uma nova perspectiva de sociedade.

 

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.